Um protesto realizado por trabalhadores de uma empresa privada de limpeza urbana em Santa Rita, bloqueou por cerca de duas horas na manhã desta sexta-feira (20) o acesso as ruas; Juares Távora, Anísio Borges e Joana Gomes, no centro.

Os trabalhadores fecharam a rua com pneus e atearam fogo. A Polícia Militar foi chamada para ir até o local e negociar a liberação da via. A rua bloqueada dá acesso a prefeitura Municipal de Santa Rita.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Urbana da Paraíba (Sindlimp-PB), o protesto é organizado pelos funcionários da Ambiental que atuam na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. Eles cobram o pagamento de dois meses de salários atrasados e 15 meses sem vale-alimentação. Ainda de acordo com Mauro, a nova garantia da prefeitura de Santa Rita é que o pagamento de abril seja feito até a sexta-feira (20).

A Ambiental tem quase 150 trabalhadores atuando em Santa Rita. Apenas a folha de abril representa um montante de R$ 185 mil. No entanto, Mauro Bezerra afirma que os atrasos em pagamentos por parte da administração municipal são maiores e chegam a cerca de R$ 8 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.