Um homem  identificado por Francismárcio Monteiro da Silva e que vinha se passando por pastor e advogado foi preso na tarde desta quarta-feira (4) pela Polícia Civil da Capital.

De acordo com a polícia, o acusado foi condenado a nove anos de prisão por estelionato e tráfico de influência. Ele recorreu da sentença e há seis meses estava liberdade, mas, de acordo com a polícia, estava praticando os mesmos crimes.

Segundo a polícia, ele se passava por advogado e prometia ingressar com ações judiciais relacionados a FGTS, mas ao receber a quantia dos clientes, acabava sumindo.

Na tarde de hoje, por meio de uma denúncia anônima, a Polícia Civil recebeu a informação de que Franscismárcio estava em um quiosque no bairro de Brisamar.

Como já havia uma mandado de prisão expedido contra ele, os agentes da Delegacia de Defraudações foram até o local e efetuaram a prisão do acusado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome