Ainda tenho esperança que vamos viver dignamente nesse País, sem medo de sair de casa, ao menos com a sensação de segurança ou também chegar a qualquer setor de saúde pública e ser atendido sem precisar acordar de madrugada e enfrentar filas e ter que ouvir que não se tem remédios ou médicos para um atendimento. Hoje em dia vivemos em um extenso capítulo de faz de conta, em que se misturam personagens diversos, uns tentam cobrir o sol com a peneira,  perpetuando e tentando de alguma maneira defender governos corruptos e que sequer tem competência para o cargo ao qual foi posto. Indo de uma forma mais direcionada como cidadão e estudante, morador de uma cidade cheia de riquezas, mas que nunca teve a valorização real pela qual sempre mereceu,  pois esta  sempre foi carente de políticas públicas efetivas, investimentos em cultura, educação e bem estar social, Santa Rita ainda sucumbe por falta de ações que de forma qualificada, possam retirar a mancha de uma cidade atrasada e que tem sido motivo de jogatinas políticas entre os poderes que a regem.

A aparente calmaria política que sobrevoa esta cidade não esconde seus reais problemas, talvez porque o povo não sobreviva de factoides de redes sociais, de velhas tapinhas nas costas ou promessas vagas. Sabe-se que em cada esquina, nesse ano eleitoral, se encontra um pré-candidato, apontando soluções mirabolantes e muitas vezes fora da realidade do que se precisa, ou também velhos conhecidos que tentam perpetuar seu poder na cidade tentando dar continuidade a seu cargo político na cidade. Esta cidade  necessita sim, de uma renovação social e política, e não de adeptos fanáticos que fazem de tudo para que seus “chefes” sejam bem vistos pela população, quase como “messias”, ou “coitadinhos históricos”. Uma cidade em que seus movimentos sociais e entidades estudantis e de classe muitas vezes são ameaçadas por exigir melhorias em seus setores, ou são difamadas por terceiros em redes sociais, para que muitos não possam ver a triste realidade em que se vive. Entre tantas coisas que se poderiam ser evidenciadas nos resta continuar acreditando em dias melhores, ir semeando a conscientização política de alguma forma, mesmo que de forma simples, mas qualificativa, propor, questionar, fiscalizar de forma clara, sem partidarismos extremistas ou alienação ideológica.

Santa Rita merece e pode ser destaque positivo em nosso Estado, porque temos excelentes pessoas para isso, e não quero aqui cair no modismo de mudar por mudar, nem ser do quanto pior melhor, pois vivo esta cidade de maneira completa. Espero poder um dia frequentar um teatro da cidade, uma biblioteca digna e estruturada, ter espaços públicos organizados e limpos, ruas pavimentadas e devidamente iluminadas, ter  transporte público com condições dignas e que ofereça os serviços de forma responsável e segura, como também funcionários públicos respeitados e valorizados quanto a seus devidos pagamentos, enfim, uma cidade organizada como deve ser uma cidade do seu porte. Acredito que isto seja possível, falte talvez, vontade política de querer realmente mudar e transformar, sair do cômodo discurso da politicalha e do Populismo barato.  Mas para que tudo isso ocorra é necessário também assumirmos nosso papel de cidadãos atuantes e  que possamos votar conscientes politicamente e não cair mais nas artimanhas das sanguessugas do povo, sair dessa herança maldita e desse hereditarismo político mal intencionado que ainda reina e impõe seus devaneios. Enfim, acredito que um dia esta cidade saia deste abismo social, e possa realmente viver dias melhores, Que a palavra trabalho saia do conceito metafórico das teias da mídia eleitoreira e se transforme numa realidade crucial.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Primeiramente, gostaria de elogiar o refinado artigo publicado por Rubens Scapone. Artigo este que vitrina muito bem os momentos atuais que passam a nossa cidade.

    Gostaria de reforçar expondo que ainda tenho esperança em relação ao processo eleitoral, educacional e até cultural, que nossa população ainda, irá de passar. A cultura de uma comunidade constrói de vários lados, pensamentos, ações e costumes corriqueiros, sejam eles, bons ou ruins. Vale salientar, que a cidade de Santa Rita tem um potencial enorme, quando visualizamos suas riquezas, não só paisagísticas ou naturais, mas também intelectuais. Aqui vivem várias pessoas de afinco com o conhecimento e pessoas como essas podem sim, formar opiniões e compartilhá-las para nosso povo, desde que venha a somar e a ajudar neste momento difícil de insegurança não só social, mas também política que estamos vivendo de 10 anos para cá. Tenho esperança sim, que nosso povo ainda há de sorrir mais e viver de uma forma melhor.
    Como dizia, Aristóteles “A esperança, é o sonho de um homem acordado”.
    _____________________________________
    John Kennedy Soares Dutra
    Funcionário Público Estadual
    Bacharelando em Direito – UFPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.