23 C
Santa Rita
quarta-feira, 23 setembro , 2020

Ajudem a encontrar: Filho procura mãe que não vê há quase 30 anos em Santa Rita

-

- Publicidade -

Você já se perguntou como é ter uma mãe, mas não a conhece? Pois
essa pergunta esta martelando na cabeça do Marcone já faz quase 30 anos
desde que ele descobriu que é adotado. Com 6 meses de idade seus pais
adotivos o levaram para o outro lado do mundo, para Holanda.

Marcone estava com uns 10 anos de idade quando descobriu que nasceu em João
Pessoa. Quando ouviu que é brasileiro, soube na hora que queria conhecer e
abraçar a sua mãe de verdade.  Marcone está atrás deste sonho desde que ele
visitou João Pessoa pela primeira vez com seus pais adotivos em 1996. Mas
ninguém podia ajuda-los. Nem os funcionários e nem o diretor do Lar do Menor
Jesus de Nazaré em João Pessoa onde ele viveu os seus primeiros 6 meses de
vida. Vinte anos depois da sua primeira visita, Marcone não desiste do seu
desejo mais forte: colocar seus braços em volta da mãe.

Sua mãe se chama Ednalva Maria da Silva e em 1977 vivia no Engenho Santo
Antônio em Santa Rita. Sabemos muito pouco dela. Em 12 de julho daquele ano
Ednalva deu luz a um filho que ela deu o nome de Marcone. Marcone nasceu na
Maternidade Cândida Vargas em João Pessoa. Quatro dias depois a Ednalva
deixou seu filho no Lar do Menor Jesus de Nazaré. Lá os funcionários mudaram
seu nome para Carmelo (Henrique). Ele estava malcuidado e se especulava que
Ednalva não tinha dinheiro para suprir as necessidades básicas dele. Na
administração do lar faltava em 1996 dados como a idade da Ednalva, sua data
de nascimento, os nomes dos seus pais e o nome do genitor do Marcone.
Naquela ocasião não tinha sido registrado no cartório.

A falta de informações dificulta a busca por sua mãe Ednalva. Mas Marcone
não desiste de procurar por ela e por isso buscou ajuda no programa “Perdido
Sem Rastros” da televisão holandesa.

Pedimos com gentileza para as pessoas que conheceram a Ednalva Maria da
Silva que morava em 1977 no Engenho Santo Antônio (Santa Rita) entrem em
contato o portal Santa Rita em Foco. Mesmo a mínima informação pode servir
para acharmos a mãe do Marcone.

 

Da redação Santa Rita em Foco

- Publicidade -
Redação
Redação
Compartilhe informações pelo nosso Whatsapp (83) 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Laia Também