29 C
Santa Rita
quarta-feira, 23 setembro , 2020

Suspeito de matar esposa é preso após ser denunciado pela mãe na PB

-

Filho teria matado esposa a pauladas e contado para a mãe dele, logo após. Crime aconteceu em Soledade e teve motivação passional, segundo polícia.

- Publicidade -

Um homem de 36 anos foi preso em flagrante suspeito de matar a própria esposa a pauladas, na cidade de Soledade, no Cariri paraibano. A prisão aconteceu depois que a mãe do suspeito procurou a polícia para denunciar o filho, que teria lhe confessado o crime. O homem não fugiu da cidade e foi preso no mercado público, onde estava bebendo.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito teria confessado o crime e contou que matou a esposa depois de ter visto ela com um ex-companheiro.

O homicídio aconteceu na noite de quarta-feira (11), mas a mulher só foi encontrada morta na quinta-feira (12), dentro de casa. Depois do homicídio o homem foi até a casa da família e contou o que tinha feito, mas ninguém acreditou.

“Ele disse que chegou em casa e matou a mulher com um pedaço de troco de árvore. Foi um crime muito violento. Depois disso ele foi pra casa da mãe e contou o que tinha feito, mas ninguém acreditou, pois ele estava embriagado. Na manhã da quarta-feira, familiares foram até a casa da vítima e encontraram a mulher de 39 anos morta e a madeira ao lado do corpo dela”, disse o delegado de Polícia Civil, Lamartine Lacerda.

Depois que a morte foi confirmada, a mãe do suspeito acionou as polícias Civil e Militar e denunciou o homem. “De imediato fizemos buscas pela cidade e encontramos ele bebendo no mercado central. Ele ainda resistiu à prisão e chegou a negar o crime. Entretanto, depois que o efeito do álcool foi diminuindo, o homem contou como tudo aconteceu”, disse o delegado.

A Polícia Civil está investigado o crime como um homicídio de motivação passional, tendo em vista que o suspeito alegou que o motivo foi ter visto a esposa com um ex-companheiro. Em depoimento à polícia, os familiares informaram que o casal estava morando junto há cerca de dois anos e que a relação era marcada por brigas. Segundo a Polícia Militar, o casal era usuário de drogas.

O suspeito foi autuado em flagrante e ainda na quinta-feira foi encaminhado para a Penitenciária Padrão, em Campina Grande, no Agreste paraibano, onde segue à disposição da justiça.

- Publicidade -
Redação
Redação
Compartilhe informações pelo nosso Whatsapp (83) 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Laia Também