Categorias
Guia em Foco
Comercial

Cunha diz que Dilma ofereceu ajuda no Supremo Tribunal Federal

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou em entrevista à Folha de S.Paulo que a presidente Dilma Rousseff teria oferecido ajuda no processo que é movido contra ele no STF (Supremo Tribunal Federal). Cunha afirma que Dilma “tinha cinco ministros do Supremo” para poder ajudá-lo. O encontro teria acontecido em setembro de 2015, após o rompimento do deputado com o governo.

Cunha é réu no STF e deve responder pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção na Lava Jato. O político afirma que considerou a proposta uma “bravata” e que “concretamente, ela não disse o que ia fazer”.

O deputado foi afastado do cargo pelo STF no início de maio. O ministro Teori Zavascki, relator do caso, recomendou o “afastamento imediato”, afirmando que Cunha utiliza a Câmara como um “balcão de negócios”.

O ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo negou a suposta oferta e classificou a denúncia de Cunha como “escandalosa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Total
1
Share