O Maior Portal de Notícias da Cidade de Santa Rita na Paraíba.
Categorias
Guia em Foco
Quem Somos

Lewandowski diz que ainda não tem opinião sobre recursos do impeachment

Em visita ao Senado, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, se reuniu com o presidente da comissão especial do impeachment, Raimundo Lira (PMDB-PB), e o relator, Antonio Anastasia (PSDB-MG), para tomar ciência dos recursos feitos ao processo que analisa o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com o ministro, ele vai aguardar o recebimento formal dos recursos e ainda não tem opinião formada sobre eles. Segundo Lewandowski, ele recebeu oficialmente apenas o recurso do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), que trata da redução do número de testemunhas da defesa.

O relator Antonio Anastasia entende que, por se tratarem de quatro decretos de edição de créditos suplementares, a defesa tem direito a trazer até oito testemunhas para cada um deles, num total de 32 depoimentos.

Aloysio, entretanto, argumenta que o impeachment se baseia em apenas dois fatos, as pedaladas fiscais e o conjunto dos decretos. Dessa forma, ele defende que o número de testemunhas seja reduzido para 16. Lewandowski não se comprometeu com nenhuma das teses e disse que ainda irá avaliar a questão.

Cronograma

O ministro disse que ainda não recebeu o recurso da defesa contra o encurtamento do cronograma do processo de impeachment. O presidente da comissão acolheu pedido da senadora Simone Tebet (PMDB-MS) que diminui prazos para alegações e encurta o processo de impeachment em 20 dias.

No novo calendário, o julgamento final da presidente poderia acontecer ainda em julho. O ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cadozo, que defende a presidente afastada, afirmou que iria recorrer da decisão. Lewandowski disse que, quando receber o recurso, vai analisá-lo em tempo oportuno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Total
1
Share