O Maior Portal de Notícias da Cidade de Santa Rita na Paraíba.
Categorias
Guia em Foco
Quem Somos

Polícia encontra fábrica clandestina de armas durante operação na PB

Uma oficina clandestina de fabricação e manutenção de armas de fogo foi descoberta pelas polícias Civil e Militar durante uma operação realizada na cidade de Araruna, no Agreste paraibano, desde a madrugada desta quarta-feira (8). De acordo com o delegado Diógenes Fernandes, até as 8h30, três pessoas foram presas durante a operação e duas foram conduzidas à delegacia, ouvidas e liberadas.

A operação Têmis, cujo nome foi em homenagem à deusa grega da Justiça, teve início por volta das 4h. Segundo o delegado, o objetivo da operação é o cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão. “Essa operação é o desdobramento de várias outras ações da polícia que resultaram na prisão de suspeitos de crimes variados. Com a investigação baseada nos depoimentos dos presos, fizemos esta operação para apreender materiais ilícitos”, disse Fernandes.

Durante a ação, no início da manhã, a polícia encontrou um cômodo oculto dentro de uma casa onde funcionava uma oficina de fabricação e manutenção de armas para pessoas envolvidas com os crimes. “A entrada da oficina ficava escondida por baixo de uma máquina de lavar. No local, achamos simulacros e partes de armas de fogo, munições, ferramentas e equipamentos usados para trabalhar nas armas”, explicou o delegado.

No total, a polícia apreendeu mais de 100 pedras de crack, uma pequena quantidade de maconha, uma motocicleta com suspeita de estar com o chassi adulterado, além do equipamento encontrado na oficina. “Cinco pessoas foram conduzidas para a delegacia, todos homens que já tinham passagem pela polícia, incluindo um que cumpre pena em regime semiaberto”, comentou Diógenes Fernandes.

Dos cinco suspeitos, dois foram ouvidos e liberados, segundo o delegado eles são responsáveis pela motocicleta, que vai passar por perícia e caso ela esteja adulterada, eles podem ser indiciados por este crime. Os outros três foram presos, um por tráfico de drogas, outro por posse de drogas e o terceiro, responsável pela oficina, por posse de munição e por fabricação, manutenção e comércio irregular ou clandestino de arma de fogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Total
2
Share