O Maior Portal de Notícias da Cidade de Santa Rita na Paraíba.
Categorias
Guia em Foco
Quem Somos

Suspeito de atear fogo em barraco e provocar incêndio é preso na Paraíba

Foi preso no início da noite desta sexta-feira (17) o homem suspeito de atear fogo em um barraco e provocar o incêndio de oito moradias da Comunidade Capadócia, no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa. O caso aconteceu na noite da quinta-feira (16). O suspeito, ex-marido da moradora do barraco onde o fogo começou, foi detido quando estava no Terminal Rodoviário de João Pessoa.

Moradores informaram que o fogo foi provocado por ele, que estava inconformado com o fim do relacionamento. De acordo com o Corpo de Bombeiros, nem a ex-mulher do suspeito nem a filha dela sofreram ferimentos.

O suspeito, identificado pela polícia apenas como Daniel, disse que não iniciou o fogo e que estava em casa quando o incêndio aconteceu. “Isso aí é forjado. Não foi eu em nada. Tão me acusando porque tão querendo ver meu mal”, disse.

O sargento Nelson, da Polícia Militar, explicou que o suspeito disse que estava esperando o pai na rodoviária, mas a polícia acredita que ele ia tentar fugir. Além de ser suspeito do incêndio, ele ainda tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio, o qual ele também nega participação.

O incêndio teria começado durante uma briga do ex-casal, dentro de um dos barracos que compõem a comunidade, e se alastrado pelas outras sete moradias no início da noite. O Corpo de Bombeiros só conseguiu apagar totalmente o fogo por volta das 22h.

Na manhã desta sexta-feira (17), os moradores contavam os prejuízos materiais. Um deles contou ter perdido R$ 2 mil que estava juntando para comprar uma motocicleta, enquanto outro  perdeu aproximadamente R$ 3 mil em roupas que ele venderia.

A comunidade Capadócia existe há quatro anos e 89 famílias moram no local, a maioria de catadores de materiais recicláveis. As moradias são feitas de madeira e plástico, mas os moradores contam que nunca tinham passado por situação semelhante.

Ainda durante a noite, representantes da Prefeitura de João Pessoa estiveram no local para dar assistência às famílias. A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) informou que as famílias estão abrigadas em casas de parentes e amigos até que as moradias sejam reconstruídas. Ainda segundo a Sedes, as famílias manifestaram o desejo de continuar morando na comunidade e vão receber cestas básicas, kits dormitórios e enxovais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Total
17
Share