Caro leitor, daqui a algum tempo nós seremos mais uma vez “lembrados” pela classe política de nossa cidade. Os fantasmas da politicalha, estes que passam seus dias enfurnados em algum lugar ou que somem sem explicação, retornaram, e como é de praxe, estarão sedentos por votos. As abordagens são as mesmas, o mesmo discurso de sempre, a mesma cara de pau prometendo o paraíso na terra, tirando foto com os mais humildes, Etc. Mas, devemos ficar bem atentos, pois  parece que assumir um cargo como Prefeito ou vereador para alguns virou uma espécie de profissão dos sonhos, algo rentável, algo fácil para a elevação do poder aquisitivo e status pessoal. Bem, isso é notório, mas o que devemos ficar tentos é o quanto muitos dos que aí pretendem se eleger, organizam, recrutam e disciplinam suas equipes de apoio a sua suposta candidatura.  De um lado encontramos os que usam da política baixa, denegrindo, mentindo, usando das práticas mais levianas para tentar confundir a população quanto ao voto. De outro temos os que preferem  transmitir a ideia de que são  heróis ou algum tipo de  salvador, quase um Messias a conduzir um povo supostamente perdido. Estes usam da dissimulação, do status de “boa pessoa” para persuadir, e mostrar algo que muitos sabem que nunca foi na vida pública, em relação defesa dos  ao interesses e do bem estar da coletividade.

promessaNas ruas e principalmente nas redes sociais a movimentação começou a aparecer, cada um ao seu estilo, dilemas partidários, conjunturas, parcerias, “apoios e encontros”. Uma turbulência de interesses projetando em sua grande totalidade a manutenção ou o apoderamento do poder. Ainda é raro encontrar  candidatos que se diferenciam dessas práticas nocivas na política, que realmente tenham projetos (Próprios), equipes preparadas, organizadas e que compartilhem um projeto efetivo e qualificativo para a cidade e não  apenas um mero desejo de busca ao tesouro. É preocupante perceber que na maioria das vezes,  nossos futuros representantes, ainda não conseguem discutir ideias e projetos. Ficam na redoma do jogo sujo, do voto por favores ou promessas de cargos. Enquanto isso, nossa cidade sucumbe, em violência,  falta de estrutura, emprego, saúde e educação de qualidade. E o que nos oferecem como solução são sorrisos falsos e tapinhas nas costas com velhos discursos vazios de que tudo vai mudar. Diante dessa realidade é  preciso repetir o quanto nosso voto é importante, e o quanto ter consciência política é a base para que possamos começar a ter esperança de dias melhores, e que tenhamos como representantes de nossa cidade pessoas que busquem qualidade e dignidade para os cidadãos e não  gananciosos, soberbos, seres que visam o estrelato de um cargo ou apenas manter-se no poder e enricar roubando o dinheiro público.

Rubens Scapone
Rubens Scapone é Estudante de Direito, Professor-Pós-Graduado em Língua, linguagem e literatura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.