O Maior Portal de Notícias da Cidade de Santa Rita na Paraíba.
Categorias
Guia em Foco
Quem Somos

Preso confessa que matou maquiadora com quem morava há seis meses por ciúmes

Ronaldo Silva dos Santos, identificado como o homem que matou a maquiadora Sabrina Cirino Rodrigues, de 27 anos, no bairro de Manaíra, em João Pessoa, disse ter cometido o crime por ciúmes da mulher, com quem morava há seis meses, de acordo com o capitão Antônio de Souza, do 1º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp) de Manaíra. A vítima foi morta a facadas na noite de quinta-feira (26), na Avenida Maria Maria Rosa, após uma discussão.

Câmeras de segurança registraram o momento em que a maquiadora foi morta a facadas pelo companheiro. As imagens do circuito flagraram o crime e mostram o homem – identificado como Ronaldo Silva dos Santos – agredindo a mulher e a empurrando para o chão. A mulher foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ela deu entrada na unidade na madrugada de sexta, de acordo com o boletim médico, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda conforme capitão Antônio, da Polícia Militar, o suspeito desconfiou que Sabrina queria terminar a relação e, “para que ela não fosse de mais ninguém”, resolveu matá-la. Ainda segundo a polícia, ele tinha comportamento violento durante todo o relacionamento.

A mulher era maquiadora e convivia com o suspeito há seis meses. Testemunhas disseram que eles seguiam pela rua brigando e a polícia também identificou que as brigas entre o casal eram recorrentes.

Segundo o delegado Pedro Ivo, que vai conduzir as investigações, o preso confessou o crime aos Policiais Militares. Ele diz que tanto a faca apreendida quanto as roupas sujas de sangue vão passar por perícia. “Vamos analisar todas as provas e começar a lavratura do flagrante”, disse antes de ouvir o depoimento do homem.

O corpo de Sabrina está sendo velado em Cruz das Armas, em uma funerária localizada ao lado da maternidade Frei Damião. Em seguida, o seu corpo será encaminhado para Patos, cidade natal da vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Total
1
Share