O Maior Portal de Notícias da Cidade de Santa Rita na Paraíba.
Categorias
Guia em Foco
Quem Somos

Concerto especial homenageia os 432 anos de João Pessoa neste sábado

Um concerto especial reunindo 96 músicos da Orquestra Sinfônica da Paraíba e da Orquestra Sinfônica da Paraíba Jovem será realizado, neste sábado (5), em homenagem aos 432 anos de João Pessoa. O evento, que ocorrerá no Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções da Capital, terá como convidadas as cantoras Cátia de França e Nathalia Bellar.

No repertório do oitavo concerto oficial da Orquestra Sinfônica da Paraíba, clássicos da música popular brasileira, a exemplo de Meu Sublime Torrão, de Genival Macêdo; À Primeira Vista, de Chico César; Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho; e A Lua e Eu, de Cassiano.

O maestro Luiz Carlos Durier, regente, falou das expectativas para o concerto. “É um repertório que irá emocionar o público que comparecer ao Teatro Pedra do Reino, já que terá músicas muito representativas da nossa Capital, que chega aos 432 anos. Este ano, temos como convidadas Cátia de França e Nathalia Bellar, com músicas muito presentes na memória coletiva”, disse.

Com arranjo do maestro Duda, o concerto terá início com Meu Sublime Torrão, de autoria do paraibano Genival Macêdo. Em seguida, serão executadas À Primeira Vista, de Chico César; Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho; e Chiclete com Banana, de Gordurinha e Almira Castilho.

Logo em seguida, com arranjo de Emanuel Barros, serão executadas Bolero de Bordel, de Milton Dornelas; Alegria de Farol, de Adeildo Vieira; e Nó Cego, composição de Pedro Osmar, no “Paraíba Poetics”.

Já a cantora Nathalia Bellar interpreta A Lua e Eu, composta por Cassiano, com arranjo de Emanuel Barros. “Após a Nathalia Bellar, grande revelação de nossa música, teremos a execução de músicas do Festival Sampa, que vai contemplar Chico Buarque, Edu Lobo e Caetano Veloso, com músicas que representam muito bem o período da Ditadura”, acrescentou Luiz Carlos Durier.

A penúltima apresentação da noite em homenagem aos 432 anos de João Pessoa ficará por conta da cantora Cátia de França, quando serão interpretados os sucessos Minha Vida é uma Rede, Panorama, Coito das Araras, Ponta do Seixas e Kukukaia. “Esse repertório da Cátia contempla clássicos que estão na memória dos paraibanos, proporcionando muita emoção”, explicou o maestro Luiz Carlos Durier.

Já a última apresentação da Orquestra Sinfônica da Paraíba e da Orquestra Sinfônica da Paraíba Jovem será o Bolero, composta por Maurice Ravel, segundo o maestro Luiz Carlos Durier. “É muito significativo o encerramento do concerto ter Maurice Ravel, já que essa música também é muito representativa da capital paraibana”, destacou.

Luiz Carlos Durier (regente) – Natural de João Pessoa, Durier é o regente titular da OSPB Jovem há 17 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. As suas interpretações cativantes e criativas produzem sempre sucesso de público e crítica. Sob sua batuta, já se tornou tradição a Jovem apresentar estreias mundiais com excelente qualidade técnica e artística. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da OSPB.

Nathalia Bellar (cantora): Natural de João Pessoa, Nathalia Bellar mostra interesse pela música aos 15 anos, quando ganhou seu primeiro violão. Aos 19, entrou para o teatro, onde atuou por quatro anos e fez cursos na Funesc e na extensão da UFPB.

Depois da experiência como atriz, eis que a música torna-se seu principal ofício. A estreia como cantora aconteceu aos 23 anos, quando iniciou sua trajetória musical na noite. Entrou no vasto universo da MPB e começou a se destacar por sua capacidade interpretativa e por escolher canções sempre muito intensas. Fez participações importantes em shows de artistas de renome nacional, a exemplo de Daniela Mercury e Tunai.

Cátia de França (cantora): Nascida em João Pessoa, Cátia de França é cantora, compositora e multi-instrumentista. Em mais de 40 anos de carreira, Cátia gravou seis discos e se tornou uma lenda viva da música regional brasileira. Suas canções já foram gravadas por grandes nomes da MPB, como Elba Ramalho, Amelinha e Xangai, além de ter participado de festivais de música popular na década de 60, época em que viajou à Europa com um grupo folclórico.

Serviço – Orquestra Sinfônica da Paraíba

Oitavo Concerto Oficial – 5 de agosto de 2017

Horário: 20h30

Entrada: Gratuita

Capacidade: 3 mil pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Total
1
Share