Mãe foi autuada por homícidio culposo, acusada de matar própria filha, após dormir por cima da criança, em Remígio-PB. — Foto: Divulgação/Polícia Civil de Esperança

Uma mulher de 35 anos foi autuada em flagrante acusada de matar a própria filha, um bebê de dois meses, sufocada. O caso aconteceu no município de Remígio, Brejo paraibano. Segundo informações da Polícia Civil, ela estaria embriagada e dormiu por cima da criança na madrugada deste domingo (16), o que causou a morte da menina.

De acordo com o delegado Cristiano Santana, a mãe da criança contou que na noite do sábado (15) saiu para beber com amigos e uma vizinha em um bar no sítio Lagoa do Mato, onde reside, levando as filhas. Ela explicou que ao retornar colocou as crianças, que eram gêmeas, para dormir na cama, e deitou-se junto a elas.

Ao acordar, durante a madrugada, a mulher percebeu que uma das meninas não estava mais respirando, e chamou a polícia. “A mãe da vítima prestou depoimento e contou que bebeu e dormiu na mesma cama das crianças, mas não se recorda de ter feito nenhum movimento brusco e afirmou que não sabe a causa da morte da menina”, relatou o delegado.

Ainda segundo Santana, a mulher foi autuada em flagrante por homicídio culposo, quando não existe intenção de matar, e ficará presa até a audiência de custódia. Ela morava sozinha em uma casa com as duas filhas gêmeas e um filho, adolescente. A outra filha da acusada ficará com uma das suas tias.

VIAG1 PB
Redação
Compartilhe informações pelo nosso WhatsApp: 83 99619.3881 | 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.