Vagas do Sisu 2019 estão abertas — Foto: Reprodução/MEC

Começaram nesta terça-feira (22) as inscrições para as 12.853 vagas em 276 cursos das universidades federais e estaduais da Paraíba em 2018, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Podem participar os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e não tiraram nota zero na prova de redação.

O Sisu reúne vagas de graduação em universidades públicas que são disputadas com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. A consulta e inscrição devem ser feitas no site do Sisu. Cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar.

Também é necessário definir a modalidade na qual o aluno se encaixa – ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

Veja o cronograma do Sisu

Cronograma do Sisu 2019

Inscrições22/01 a 25/01
1ª chamada28/01
Matrículas da 1ª chamada30/01 a 04/02
Inscrição na lista de espera28/01 a 04/02
Convocações de outras chamadasa partir de 07/02

Fonte: Ministério da Educação

A Paraíba tem quatro instituições de ensino superior que selecionam estudantes por meio do Sisu. A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) oferta 7.842 vagas em 124 cursos, a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), 3.160 vagas em 76 cursos, o Instituto Federal da Paraíba (IFPB), 1.350 vagas em 37 cursos, e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), 501 vagas em 39 cursos.

O número total de vagas para este ano é um pouco menor que o ofertado para o primeiro semestre de 2018, quando foram oferecidas 15.182 vagas para as universidades públicas da Paraíba.

A maior queda no número de vagas está na UEPB. Em 2018, a instituição ofertou 2.717 e apenas 501 este ano. Somente a UFCG aumentou o número de vagas, enquanto que o IFPB e UFPB também dimuíram. Em todo o país, são ofertadas 235.461 vagas em 129 instituições.

Mudanças na lista de espera

Este ano, uma das novidades é com relação a lista de espera. Até 2018, o candidato a uma vaga no ensino superior poderia escolher duas opções de curso e desistir da segunda opção para ficar na lista de espera da primeira. Neste ano, a regra mudou.

Agora, haverá uma chamada regular e o estudante selecionado em uma das opções de curso desta chamada não poderá participar da lista de espera. Se ele não for selecionado, poderá ficar na lista de espera de apenas uma das suas opções de curso.

Segundo o MEC, a mudança na lista de espera é para permitir “maior liberdade de escolha para os estudantes não selecionados na chamada regular dos processos seletivos do Sisu.”

A expectativa é que se reduza o tempo de convocação das listas de espera e que todos os estudantes estejam matriculados antes do período letivo. De acordo com a pasta, as mudanças poderão ajudar a diminuir a ociosidade das vagas.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.