Homem é morto a facadas após discussão por causa de coleira, em Campina Grande, diz PC

Imagem ilustrativa.

Um homem de 27 anos foi assassinado com golpes de faca, após discutir com um colega por causa de uma coleira artesanal para cachorro. A informação foi repassada pela Polícia Civil e o crime aconteceu no sábado (9), em uma oficina de artesanato, localizada no bairro do José Pinheiro, em Campina Grande.

De acordo com a delegada Nercília Dantas, que investiga o caso, o suspeito e a vítima compartilhavam do mesmo hobby de criar cachorros e tinham encomendado duas coleiras a um artesão para os animais. No entanto, com o dinheiro que repassaram para o homem, só foi possível confeccionar uma coleira, o que acabou gerando uma discussão entre os dois.

“Eles foram juntos buscar essas coleiras, na tarde de ontem, e quando viram que só tinha uma começaram a discutir para ver com quem ficaria, trocando ofensas um com o outro. A vítima saiu e o acusado começou a fazer provocações, de modo que ela retornou. Nesse momento, o acusado pegou uma faca da oficina de artesanato e desferiu os golpes”, explicou a delegada.

A vítima, identificada como Jefferson do Nascimento Almeida, ainda chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O homem suspeito de ter praticado o crime foi identificado pela Polícia Civil, mas conseguiu fugir.

A polícia pede que as pessoas que tiverem informações sobre o paradeiro do suspeito colaborem com as investigações, fazendo denúncias anônimas através do número 197, o Disque Denúncia da Polícia Civil.

VIAG1 PB
Redação
Compartilhe informações pelo nosso WhatsApp: 83 99619.3881 | 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.