24 C
Santa Rita
segunda-feira, 26 outubro , 2020

Ex-padrasto de Rebeca é condenado a 31 anos de prisão por estupro e morte

-

- Publicidade -

O cabo da Polícia Militar, Edvaldo Soares da Silva, foi condenado a 31 anos de prisão pela morte e co-autoria no estupro da estudante Rebeca Cristina. O Júri popular aconteceu nesta quinta-feira (28) e teve mais de doze horas de duração.

No dia 11 de julho de 2011, o corpo de Rebeca foi encontrado na Mata de Jacarapé. A adolescente de 15 anos foi estuprada e assassinada no trajeto entre sua casa e o Colégio da Polícia Militar, em Mangabeira VIII, Zona Sul de João Pessoa.

- Publicidade -
Redação
Redação
Compartilhe informações pelo nosso Whatsapp (83) 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Laia Também

MPPB recomenda nomeação de aprovados em concurso da Câmara de Vereadores de Santa Rita

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou ao presidente...

Setembro Amarelo: campanha de prevenção ao suicídio é intensificada na pandemia

O dia 10 de setembro, Dia Mundial para Prevenção...

PSOL CONVIDA SIMPATIZANTES E FILIADOS PARA SUA CONVENÇÃO ONLINE NESTE DOMINGO.

O PSOL, Partido Socialismo e Liberdade em Santa Rita,...