Categorias
Guia em Foco
Comercial

Novamente indeferido pelo presidente da Câmara Municipal, pedido de anulação de ATA com denúncia contra prefeito pode acabar na Justiça

O pedido da anulação da ATA com os pedidos de afastamento do prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB) foi novamente indeferido, durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (14), na Câmara Municipal. O requerimento foi do vereador Anésio Miranda (Sem Partido).

Nele, Anésio pediu mais uma vez a anulação da ATA da sessão de 27 de fevereiro, quando o Plenário da Casa acatou duas denuncias dos cidadãos santaritenses, Andréa Vicente e Lamartine do Vale. Nesta quinta, o documento depois de lido e posto em votação, mais uma vez foi reprovado por maioria absoluta dos presentes.

Confira a lista dos que votaram pela anulação.

01 – Anésio Alves de Miranda (Sem Partido)

02 – Rosa do Vaqueiro (PC do B)

03 – Peixoto (PC do B)

04 – Bruno Inocêncio (PR)

05 – Queiroga (Podemos)

06 – Ivonete (PSD)

07 – Cícero Medeiros (PRB)

08 – Sérgio Confecções (PSDB)

09 – Galego do Boa Vista (PSL)

10 – João Grandão (PRTB)

11 – Diocélio (PSL)

Já os vereadores que votaram pela manutenção da (ATA) alegaram que defendem o que determina o Regimento Interno da Casa.

Veja os nomes dos que são a favor da ATA.

01 – Gilcleide Barbosa (PSDB)

02 – Vanda Vasconcelos (Avante)

03 – Flávio Frederico (PSD)

04 – Joaci Raimundo (PRB)

05 – Gustavo Souza Santos (Podemos)

06 – Sebastião Bastos (PT)

07 – Carlos Pereira (PSB)

O vereador Marcos Farias (PC do B) se absteve do voto, por não estar presente no dia da leitura da denúncia (27 de fevereiro).

Com esse resultado, o presidente da Câmara, Saulo Gustavo determinou que a (ATA) seja novamente posta em votação na próxima Sessão. Além disso, Gustavo solicitou que seja encaminhada ao Gaeco/MPPB e PGJ, a notícia de fato, com cópia da minuta da ata, para apuração dos motivos, pelos quais, os parlamentares estão rejeitando a aprovação, justificando o erro que consta na ATA, já que o documento é um relato fiel do que ocorreu na sessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja mais matérias
Leia mais

Duas pessoas foram presas e um menor apreendido na manhã desta quinta-feira (31) acusados de assalto. Uma das tentativas foi no mínimo inusitada: o homem estava à caminho do trabalho quando decidiu roubar o celular de uma mulher e foi preso. Os três foram detidos em duas situações diferentes, uma no Bessa e outra na Avenida Tancredo Neves. No Bessa um menor foi acusado de tomar um aparelho celular de uma mulher que estava realizando caminhada. Os dois saíram correndo pela beira da praia, mas não conseguiram fugir dos policiais. Na Avenida Tancredo Neves o suspeito tomou o celular de uma mulher e acabou preso por policiais que passavam na hora. O curioso é que o suspeito estava indo trabalhar, inclusive tinha na mochila uma farda da construção civil e uma marmita.

Duas pessoas foram presas e um menor apreendido na manhã desta quinta-feira (31) acusados de assalto. Uma das…
Total
4
Share