Novamente indeferido pelo presidente da Câmara Municipal, pedido de anulação de ATA com denúncia contra prefeito pode acabar na Justiça

0
14

O pedido da anulação da ATA com os pedidos de afastamento do prefeito de Santa Rita, Emerson Panta (PSDB) foi novamente indeferido, durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (14), na Câmara Municipal. O requerimento foi do vereador Anésio Miranda (Sem Partido).

Nele, Anésio pediu mais uma vez a anulação da ATA da sessão de 27 de fevereiro, quando o Plenário da Casa acatou duas denuncias dos cidadãos santaritenses, Andréa Vicente e Lamartine do Vale. Nesta quinta, o documento depois de lido e posto em votação, mais uma vez foi reprovado por maioria absoluta dos presentes.

Confira a lista dos que votaram pela anulação.

01 – Anésio Alves de Miranda (Sem Partido)

02 – Rosa do Vaqueiro (PC do B)

03 – Peixoto (PC do B)

04 – Bruno Inocêncio (PR)

05 – Queiroga (Podemos)

06 – Ivonete (PSD)

07 – Cícero Medeiros (PRB)

08 – Sérgio Confecções (PSDB)

09 – Galego do Boa Vista (PSL)

10 – João Grandão (PRTB)

11 – Diocélio (PSL)

Já os vereadores que votaram pela manutenção da (ATA) alegaram que defendem o que determina o Regimento Interno da Casa.

Veja os nomes dos que são a favor da ATA.

01 – Gilcleide Barbosa (PSDB)

02 – Vanda Vasconcelos (Avante)

03 – Flávio Frederico (PSD)

04 – Joaci Raimundo (PRB)

05 – Gustavo Souza Santos (Podemos)

06 – Sebastião Bastos (PT)

07 – Carlos Pereira (PSB)

O vereador Marcos Farias (PC do B) se absteve do voto, por não estar presente no dia da leitura da denúncia (27 de fevereiro).

Com esse resultado, o presidente da Câmara, Saulo Gustavo determinou que a (ATA) seja novamente posta em votação na próxima Sessão. Além disso, Gustavo solicitou que seja encaminhada ao Gaeco/MPPB e PGJ, a notícia de fato, com cópia da minuta da ata, para apuração dos motivos, pelos quais, os parlamentares estão rejeitando a aprovação, justificando o erro que consta na ATA, já que o documento é um relato fiel do que ocorreu na sessão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.