O Maior Portal de Notícias da Cidade de Santa Rita na Paraíba.
Categorias
Guia em Foco
Quem Somos

Ocorrências em Santa Rita ajudam colocar João Pessoa entre as cidades mais violentas do mundo

Nada muito longe do que foi divulgado pelo Atlas da Violência de 2018, a região metropolitana de João Pessoa teve sua contribuição para colocar a Capital como uma das 50 mais violentas do mundo. Apenas em Santa Rita, ano passado, o registro foi de 75 homicídios para 100 mil habitantes.

Os dados oficiais de cada Capital refletiram no levantamento realizado pela organização mexicana Seguridad, Justicia y Paz e divulgados no último dia 12. A pesquisa foi elaborada em cima dos dados de João Pessoa, Bayeux, Cabedelo, Lucena e Santa Rita.

Das 50 cidades listadas em 2018, 15 são mexicanas e 14, brasileiras. Natal é a cidade brasileira mais violenta e ocupa a oitava posição neste mapa global. Maceió aparece na 21ª colocação, Recife está na 38ª, enquanto João Pessoa ocupa o 44º lugar na tabela do medo.

Fortaleza (9ª posição), Belém (12ª), Feira de Santana (14ª), Vitória da Conquista (22ª), Aracaju (25ª), Salvador (29ª), Macapá (30ª), Campos dos Goytacazes (35ª), Manaus (37ª) e Teresina (48ª) completam a relação de municípios do Brasil inseridos no topo da violência mundial em 2018.

Recife, Natal, João Pessoa e Maceió também estavam no ranking de 2017 e caíram de posição em relação ao ano seguinte. Campina Grande, na Paraíba; Porto Alegre, no Rio Grande do Sul; e Vitória, no Espírito Santo, estavam na lista de 2017 e ficaram de fora da relação referente ao ano passado.

Veja a lista completa.

O levantamento da organização considera apenas as regiões metropolitanas de cidades acima de 300 mil habitantes. Os municípios e cidades-satélites que compõem o perímetro urbano também foram levados em consideração. A posição de cada região metropolitana na lista é definida após o cálculo da taxa oficial de homicídios para cada 100 mil habitantes dessas localidades.

Os números de crimes letais utilizados no levantamento foram fornecidos por fontes oficiais, quase sempre pelas secretarias de segurança pública dos estados ou províncias analisados. Os detalhes e a metodologia da pesquisa podem ser conferidos no site do conselho.

O Conselho Cidadão de Segurança Pública e Justiça Criminal do México divulga os rankings mundiais da violência desde 2013. A organização da sociedade civil, fundada em 2002, se apresenta como uma rede “apartidária, laica e independente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Total
0
Share