O prefeito de Cruz do Espírito Santo, Pedro Gomes Pereira, mais conhecido por Pedrito, deve ressarcir aos cofres do município em um prazo de 60 dias. De acordo com o Tribunal de Contas do Estado, o atual gestor da cidade precisa devolver a importância de R$ 1.011.063,97, (um milhão, onze mil, sessenta e três reais e noventa e sete centavos), por irregularidades levantadas pelo órgão.

O julgamento aconteceu nesta quarta-feira (03), em sessão ordinária do Pleno, que emitiu parecer contrário à aprovação das contas do município, relativas a 2017. Segundo a análise foram saques, auxílio-financeiro e retiradas do caixa sem as comprovações devidas.

Em decisão unânime, os demais membros da Corte acompanharam o relator do processo e conselheiro substituto Oscar Mamede. O TCE ainda fixou multa no valor de R$ 11.737,37.

Entramos em contato com o prefeito Pedrito, que falou sobre o parecer inicial do TCE e se mostrando confiante.

“Já aconteceu isso em anos anteriores e conseguimos justificar. Agora, precisamos juntar as documentações e identificar o deficit financeiro para apresentar a defesa”, explicou.

A ação ainda cabe recurso.

Ary Correia
Formado em Jornalismo pela Faculdade Maurício de Nassau, Ary Correia tem passagens pela Rádio Cruz das Armas FM, Rádio Sanhauá AM e Band News Fm. Apesar de ter uma boa experiência no rádio, ele já fez trabalhos para o portal de turismo O Conciege Online. Dinâmico e criativo, ele busca levar informação, opinião e prestação de serviços à toda população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.