Santa Rita e suas sombras políticas

0
81
Imagem ilustrativa extraída da internet

Seria mais prático evidenciar o que acontece na cidade de Santa Rita, citando seus variados problemas sociais ou também a devastadora carência referente às questões de políticas públicas que são praticamente históricas. Mas podemos inverter essa exposição inicial dos fatos do qual a população já está saturada.

Mais uma vez, cabe refletir de forma bastante consciente e questionar, por qual motivo  uma das maiores cidades da Paraíba nunca alcançou seu lugar de prestígio, mesmo com plenas condições de permanecer pautada no progresso e na qualidade de vida dos cidadãos.

É incrivelmente assustador como um lugar com um potencial tão imenso fique à margem de tudo. Ao ponto de ficarmos praticamente perplexos ao ver como um lugar sucumbe intensamente a cada ano. É evidente também que grande parte da população conhece os reais responsáveis por essa destruição social e cultural que se vive. São duas vertentes bem claras, onde de um lado vemos um poder legislativo ineficiente, improdutivo, quase danoso ao município e preocupado com coisas pessoais e menores, ao ponto de não conseguir discutir ou propor projetos efetivos e essenciais para o povo que representa.

Na outra ponta encontramos o Poder Executivo em sua totalidade, ainda mais improdutivo, já beirando a incompetência de exercer suas atribuições numa apática e nebulosa forma de gerência.

De fato, se percebe que não há nada de novo, tudo continua firmado no descaso e na ineficiência. Velhas promessas vazias, muita mídia e pouca obra. Triste realidade essa, da qual não temos aqui autossuficiência para dignificar quem sobrevive de forma honesta na cidade.

A desvalorização e o descaso com o bem público parece ser o carro chefe durante todos esses anos. Do mais jovem ao mais idoso, todos falam no mesmo sentido, o completo abandono “é quase uma lei” neste lugar. É preciso relembrar tudo o que nos falta: saúde, emprego, lazer, segurança, perspectiva de um futuro melhor. O que infelizmente, não temos.

A cada ano tudo fica mais sombrio, angustiante e vergonhoso. As próximas eleições se aproximam, e já vemos pelas ruas e redes sociais, os novos e antigos autointitulados salvadores do município. Grande parte, “bancada”, pelos mesmos políticos que destruíram ou destroem nossa cidade. Que fiquemos atentos nessas pessoas… É preciso não cair em suas falácias e promessas. Estes carregam consigo o que há de mais nocivo e inútil para nosso povo. Não pensam no bem coletivo, desejam apenas o lucro, a fama, o enriquecimento à custa do dinheiro público e nada mais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.