Uma mulher foi presa em flagrante por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher nesta quarta-feira (5) após câmeras a registrarem agredindo a prima de 10 anos de idade e o próprio filho de dois anos. O caso aconteceu em Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa.

O pai da criança de dois anos fez a denúncia contra a mulher de 23 anos, com quem está em processo de divórcio. “Ele saiu de casa há cerca de 15 dias e pediu o divórcio, mas as duas crianças ficaram com a suspeita. O marido instalou câmeras na casa e, por meio do celular, conseguiu captar imagens da mulher agredindo ferozmente as duas crianças”, afirmou a delegada do caso, Paula Monalisa Pinho.

Paula Monalisa explicou que a equipe de investigação da delegacia foi acionada para localizar e prender a mulher assim que a Polícia Civil teve acesso às imagens oferecidas pelo ex-companheiro da suspeita. Ela foi levada para a delegacia e assumiu a autoria da agressão, justificando que estaria emocionalmente instável pelo término do casamento.

Veja o vídeo.

A mulher foi autuada em flagrante por crime de maus-tratos na forma de agressões física e verbais, submetida a exame de corpo de delito e encaminhada para a Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa. O caso foi denunciado também ao Conselho Tutelar, que está acompanhado as investigações. As crianças ficarão sob a responsabilidade do marido.

Redação
Compartilhe informações pelo nosso WhatsApp: 83 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.