Roseli Sousa Santos, de 33 anos, foi morta pelo ex-marido no DF. Segundo testemunhas, ele não aceitava o fim do relacionamento — Foto: Arquivo pessoal

Do G1

Um feminicídio, seguido de lichamento até a morte do agressor, foi registrado pela Polícia Civil do Distrito Federal na manhã deste domingo (1º). O caso ocorreu em uma área rural conhecida como Café Sem Troco, na região do Paranoá.

O 2º Batalhão de Policiamento Rural da PMDF foi chamado por volta das 7h e informou ter encontrado um casal gravemente ferido e desacordado. Os militares apontaram “suspeita de dois óbitos” e acionaram a Polícia Civil.

A delegada Jane Klebia, do Paranoá, disse ao G1 que havia uma festa de aniversário no local. Roseli Sousa Santos, de 33 anos, e o ex-marido Aneilton Vitorino da Silva, de 29 anos, teriam se desentendido durante a comemoração.

De acordo com a polícia, o grupo se valeu de socos, pontapés, tijolos e pedaços de pau para linchar o homem. A investigação não descarta o uso de uma faca também.

Segundo a delegada, dois suspeitos pela morte de Aneilton já foram identificados. “Agentes da 6ª DP diligenciam em busca dos autores do linchamento”, afirmou Jane Klebia.

(…)

Redação
Compartilhe informações pelo nosso WhatsApp: 83 99619.3881 | 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.