Homem foi preso pela Patrulha Maria da Penha com apoio do 7º Batalhão de Polícia Ambiental, em João Pessoa — Foto: PMPB/Divulgação

Um homem foi preso na noite deste domingo (15) suspeito de tentativa de feminicídio, em João Pessoa. A prisão foi feita após uma denúncia de que o suspeito estava na rua da vítima, pela Patrulha Maria da Penha. O suspeito tem 33 anos e foi preso com sintomas de embriaguez.

De acordo com a comandante da Patrulha Maria da Penha, capitã Dayana Cruz, o histórico de violência doméstica do suspeito começou no mês de março. “Já existia uma medida protetiva desde março, após ele ameaçá-la, mas depois eles continuaram morando juntos. Foi então que em agosto ele tentou tirar a vida dela”, declarou.

Após a criação da Patrulha Maria da Penha – que atualmente tem 34 mulheres sob proteção – a equipe começou a acompanhar o caso e reforçou a presença da rota na casa dela. Neste domingo, após a equipe receber a informação da presença do suspeito na rua da residência da vítima, foi realizada uma ação conjunta com o 7º Batalhão de Polícia Ambiental, que resultou na prisão em flagrante pelo descumprimento da medida protetiva.

O suspeito foi levado preso para a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher, no bairro do Geisel, em João Pessoa. A Patrulha Maria da Penha continua garantido a proteção da vítima, que tem dois filhos, através da articulação da rede proteção.

VIAG1 PB
Redação
Compartilhe informações pelo nosso WhatsApp: 83 99619.3881 | 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.