25 C
Santa Rita
quinta-feira, 4 junho , 2020

Agência bancária em Santa Rita, PB, é fechada após funcionários testarem positivo para Covid-19

-

- Publicidade -

 

A agência do Bradesco localizada no Centro de Santa Rita, na Grande João Pessoa, foi fechada nesta segunda-feira (4) para higienização após funcionários testarem positivo para Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A assessoria de comunicação do banco disse que dois trabalhadores foram infectados pelo coronavírus, mas segundo o presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba, Lindonjhonson Almeida de Araújo, são três pessoas contaminadas.

O presidente do Sindicato Bancários acredita que novos testes devem ser realizados ainda nesta segunda-feira. “O resultado positivo saiu no sábado. Hoje devem ser colhidas as amostras para a contraprova”. E acrescentou: “Todos os que deram positivo estão bem, ninguém precisou ser hospitalizado. Eles estão repouso. A orientação é ficar em casa por um período de quarentena e procurar ajuda médica se sentir dificuldade de respirar”, comentou.

Por meio de nota, a assessoria de comunicação da empresa disse que dois trabalhadores contraíram o novo coronavírus e que o banco será reaberto nesta terça-feira. “Trata-se de uma medida preventiva que tem o objetivo de evitar o risco de propagação da doença”, informou.

Quem precisou de atendimento nesta segunda-feira teve que buscar ajuda numa farmácia próxima ao banco, onde funciona um caixa eletrônico. A aposentada Josa de Lima decidiu encarar a longa fila para sacar o dinheiro da aposentadoria.

“Tinha muita gente, mas eu fui surpreendia pela organização. Há uma pessoa orientando o uso de máscaras, pedindo o distanciamento de um para outro e ainda me colocaram numa fila menor só para idosos. Se ninguém fala, fica muita gente uma perto da outra. A gente tem que se cuidar, aqui em casa é água e sabão nas mãos o tempo inteiro ”, explicou.

Desde que o Governo Federal começou a fazer os pagamentos do Auxílio Emergencial, o número de pessoas que vão até a farmácia para usar caixa eletrônico dobrou.

“Eu e minha esposa ficamos dentro e tem um ajudante organizando a filha lá fora. De vez em quando ela verifica se tem pessoas idosas e coloca numa ordem de prioridade. Pedimos para pessoas ficaram distantes, usarem máscara, mas tem gente que não gosta de seguir estas orientações. Não tá fácil”, revelou o proprietário da farmácia, Erivaldo da Silva, que conversou com a reportagem enquanto atendia a dois clientes no balcão.

 

- Publicidade -
Redação
Redação
Compartilhe informações pelo nosso Whatsapp (83) 98611.8630

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Laia Também