25 C
Santa Rita
quinta-feira, 4 junho , 2020

Prisão de acusados de descumprimento de medidas judiciais resulta em queda dos crimes em Santa Rita

-

- Publicidade -

Com a Operação Malhas da Lei, que já prendeu 30 acusados de vários crimes na cidade de Santa Rita até esta quarta-feira (13), a cidade vem registrado uma queda de 100% dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são os homicídios. Em maio, nenhum crime do tipo aconteceu no município.

A quarta-feira amanheceu com mais uma fase da operação, que foi realizada em conjunto pelas Polícias Militar, Civil e Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), resultando no cumprimento de 10 mandados de prisão expedidos pela 5ª Vara de Santa Rita, nos bairros Alto das Populares, Várzea Nova, Marcos Moura, Tibiri, no Presídio Padrão de Santa Rita e na Cadeia Pública de Bayeux. Os presos estavam descumprindo medidas judiciais e são acusados de crimes de homicídio, tentativa de homicídio, tráfico de drogas e roubo. Uma arma de fogo, munições e drogas também fizeram parte do saldo desta quarta.

O comandante do 7º Batalhão, tenente-coronel Pablo Cunha, garantiu que esse trabalho irá continuar. “E novas prisões devem acontecer nas próximas horas e dias, através desse trabalho integrado e unido com a Polícia Civil, Secretaria de Administração Penitenciária, Vara de Execuções Penais de Santa Rita, que tem resultado num monitoramento completo dos presos que estão descumprindo as medidas impostas pela justiça e são alvos de mandados de prisão, que temos cumprido e isso tem contribuído bastante com a queda do CVLI (referindo-se aos homicídios) na cidade de Santa Rita”, destacou.

A Operação tem como alvo procurados da justiça e presidiários dos regimes semiaberto e aberto, que vêm descumprindo as medidas impostas pela Vara de Execuções Penais para responderem pelos crimes em liberdade. Pelo menos 30 presos já ‘caíram’ nas Malhas da Lei.

- Publicidade -
Redação
Redação
Compartilhe informações pelo nosso Whatsapp (83) 98611.8630

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite o seu nome

Laia Também